O Magazine Luiza divulgou nesta segunda-feira (12) os resultados do segundo trimestre deste ano. Segundo balanço da companhia o lucro líquido avançou 174,7%, totalizando R$ 386,6 milhões entre abril e junho. No ano passado, o lucro líquido da empresa ficou em R$ 140,7 milhões no mesmo período.

É importante destacar que o número inclui os resultados da Netshoes, recém-adquirida pelo Magalu. A transação foi finalizada no dia 14 de junho. O Magazine Luiza também divulgou um cálculo pró-forma que desconsidera a aquisição da Netshoes, créditos tributários e outras provisões. Neste cálculo, o lucro líquido teria sido de R$ 108,5 milhões – queda de 23,9% na comparação com o segundo trimestre de 2018.

Em comunicado, a empresa explicou que o forte avanço do lucro líquido é explicado pelo crescimento de 56,2% do e-commerce e de 8,7% nas lojas físicas. “Vale destacar a performance das 102 novas lojas, com vendas acima das expectativas, elevando o crescimento total das lojas físicas em 8,4 p.p.”, explicou a empresa.

Apesar dos bons resultados das lojas físicas, o e-commerce continua, naturalmente, sendo o braço que mais cresce na companhia. O canal é responsável por 41,5% de todas as vendas realizadas pela empresa. O e-commerce do Magazine Luzia cresceu quase quatro vezes acima do mercado que, segundo a Ebit, teve aumento de 10,8% no segundo tri.

No e-commerce tradicional a evolução das vendas chegou a 30,9%. Já o marketplace da empresa contribui com vendas adicionais de R$ 582,8 milhões, representando 24% do online na companhia. A companhia dá como um dos motivos para o avanço do online a performance de seu aplicativo, que alcançou 12 milhões de usuários ativos mensais.

https://portalnovarejo.com.br/2019/08/lucro-do-magazine-luiza-mais-que-dobra-no-segundo-tri/