Quais são as grandes tendências de marketing que afetam as pequenas empresas? Conversamos com especialistas do setor para obter informações.

Veja a seguir as sete tendências a que as pequenas empresas em particular devem prestar atenção:

Renascimento das pequenas empresas locais

“Motivados pelo desejo de dar um tempo (muito necessário) da tecnologia, muitos estão recorrendo a tradições mais antigas para realizar tarefas atemporais. Não há modelo ou algoritmo que possa substituir encanamentos, cortes de cabelo ou garantir tulipas para o casamento de inverno de sua filha. Relacionamentos fortes personalização são essenciais nos negócios e primordiais no atendimento ao cliente. As pequenas empresas locais verão um renascimento no futuro, tanto por causa da tecnologia como por causa de seu hype.”

Laura Goldberg, CRO da Kabbage

Menos dependência dos grandes players de tecnologia

“As pequenas empresas baseadas em comércio eletrônico começarão a desviar o foco da tentativa de se alinhar com os players de tecnologia em crescimento puro e seguir seu próprio caminho com a ajuda de parceiros menores que oferecem mais controle sobre a marca, o relacionamento com o cliente e a satisfação. O aumento da regulamentação governamental de gigantes da tecnologia como Amazon e Google facilitará esse retorno a uma distribuição mais independente entre os pequenos players de comércio eletrônico que desejam obter vantagem competitiva.”

Ben Gold, presidente da QuickBridge

Menos dados e mais ótimas histórias

Nos últimos dez anos, o pêndulo mudou bastante para o uso de dados na segmentação e determinação de público-alvo, no entanto, muitas promessas do profissional de marketing orientado a dados não foram cumpridas. As empresas menores costumam ter orçamentos menores, por isso, gastam menos em táticas orientadas a dados. Eles gastarão mais tempo e recursos no desenvolvimento de histórias que ressoam com o público e, portanto, vão selecionar as pessoas que responderão.

Cory Treffiletti, chefe global da Demand Gen, Webex.com e Cisco Collaboration

Projetos pessoais se tornarão negócios reais

“Projetos pessoais e freelancers vão se tornar mais proeminentes nas gerações mais jovens, começando na adolescência. Como os empreendedores iniciantes de hoje não são tão seduzidos por um trabalho no escritório, isso faz sentido e desafia as marcas a mudarem suas mentalidades. No futuro, veremos um número maior de projetos pessoais navegando nas nuances de se tornar um negócio genuíno, desde a apresentação de seus artigos de incorporação até a solicitação de capital de giro. A tecnologia está reduzindo drasticamente o atrito para iniciar e construir um negócio e, como resultado, veremos mais pessoas mergulhando no empreendedorismo.”

Laura Goldberg, CRO da Kabbage

Sustentabilidade x crescimento puro

“Em contraste com o rápido crescimento e as avaliações superinfladas comumente vistas na última década, pequenas empresas e startups passarão a avaliar a lucratividade e a sustentabilidade em detrimento das aquisições de puro crescimento na década de 2020. Isso se deve em parte ao aumento das inspeções governamentais desses ‘unicórnios’ e essas próprias empresas corrigirem seu valor e se desmembrando. O resultado será um aumento no empreendedorismo e o poder voltando às mãos do pequeno empresário.”

Ben Gold, presidente da QuickBridge

Inteligência artificial vai automatizar tarefas mundanas

“A IA está entrando na vida cotidiana e, à medida que participa do cenário das pequenas empresas, os proprietários estão encontrando maneiras de automatizar tarefas simples, como notas de reuniões, agendamento de calendários, acompanhamentos etc. À medida que a IA começa a tirar essas tarefas simples do dono da pequena empresa, mais do seu tempo e dia podem se concentrar em colaborar e desenvolver ideias que impulsionam os negócios. Esse tipo de inovação ajuda na utilização do tempo e cria novos fluxos de receita, margens mais altas e um melhor cenário geral de negócios.”

Cory Treffiletti, chefe global da Demand Gen, Webex.com e Cisco Collaboration

Confiança em pagamento digital

“Mais pequenas empresas estão indo diretamente aos consumidores e vendendo online. Mesmo aquelas com lojas físicas estão descobrindo que os métodos de pagamento digital são comuns, então, possivelmente vão abolir dinheiro, não precisando mais manter moeda física disponível e lidar com o fardo diário do gerenciá-las. Os ecossistemas digitais de pagamento e gerenciamento são mais acessíveis e definitivamente mais convenientes.”

Cory Treffiletti, chefe global da Demand Gen, Webex.com e Cisco Collaboration

https://forbes.com.br/negocios/2020/02/saiba-quais-sao-as-7-melhores-tendencias-de-marketing-para-pequenas-empresas/